Make your own free website on Tripod.com

Kabalah - Bosco Cavalero Viegas

GEBURAH - A Sephira da Auto-justiça

Home
CONTATO:
A KABALAH e o MUNDO ATUAL
Participe do nosso grupo de estudos
GEBURAH - A Sephira da Auto-justiça
REFLEXO de DEUS
O que é Arcanologia cabalística?
Gematria-Numerologia Sagrada
O ARCANO
Princípios da Kaballah

   Autor : Bosco Viegas

Quando o homem aparece no 6º Ciclo da Criação, ele já foi estruturado  no 5º Ciclo, onde todo o reflexo do Pentagrama Divino se manifesta, como sendo o herdeiro da Criação, que possui sabedoria e inteligência (2 + 3 = 5) e que está oculto na Base do triângulo divino da árvore, entre Binah e Hochmah - o Tetragramaton, o Adam Kadmon.

GEBURAH!

E Geburah, o Arcano 5, representa o homem Humanidade, consciente de seu papel como continuador da criação e do seu livre arbítrio de vida.  O arcano cinco representa e retrata todo o processo humano do ser, através da própria grafia do homem, do número 5: na parte de cima vemos a cruz deitada, que  representa o lado masculino e o feminino do ser.  Na parte de baixo vemos o feto curvado sobre si mesmo, representando também a energia telúrica do ser, que prende o espírito no seu veículo alma, ao plano físico.

Por isso que ao nascer, no quinto mês, o homem já está senhor do seu corpo, dos seus membros e de seu karma: uma vez que, como dizem os rabinos no quinto mês, ele sabe tudo sobre a família onde vai nascer (onde ele mesmo escolheu).  Ele sente e recebe fluidos positivos e os negativos que partem dos seus futuros parentes - que já tiveram ligação com ele em outras vidas.

É portanto em Geburah, a sephira da justiça, do Rigor-Pachad, o medo ! Que o espírito prepara seu novo "curriculum vitae" para encetar o caminho escolhido.

A sephira Geburah é cercada pelos seguintes sephiroth : Binah, Tipheret e Hod, ou seja, inteligência do homem (Binah): seu verbo, seu poder de fala, seu equilíbrio interior, seus self, sua unidade que conecta com a divindade (Tipheret); o seu livre arbítrio (Hod), a sua auto-escolha, que o leva a trabalhar sua auto-justiça : "A minha culpa, minha máxima culpa."

Não é a toa que o Arcano cinco é o número do homem, de sua força, de sua ação, de sua capacidade, que é simbolizada pela cor vermelha de marte, que significa a energia que corre em seu sangue, dando-lhe vida física.

Mas é também o seu descontrole, suas perdas, sua luta e seu lado guerreiro !

No Arcano cinco, na sephira Geburah, começa o choque entre o homem humano e o homem cósmico que só com auto-conhecimento em Tipheret (5 + 6 = 11) é que ele pode controlar essa harmonia de opostos que no Arcano quatorze 14/5, começa a ser trabalhado e realizado, para que apareça o novo homem !